PROJETO PARA RESTRINGIR APLICATIVOS DE TRANSPORTE AINDA ASSOMBRA BH

julho 2, 2019 8:31 am

Há poucos dias, tivemos a notícia absurda, através da imprensa, de que o prefeito Kalil editaria um decreto INCONSTITUCIONAL para regular os aplicativos de transporte em Belo Horizonte, o que impediria, na prática, o funcionamento de mais de 25 mil motoristas que trabalham nas plataformas de transporte individual de passageiros na cidade.

Mas alguns dias depois, em um breve momento de lucidez – ou por outro motivo que desconheço –, o prefeito desistiu do tal decreto. Mas o projeto de lei absurdo ainda tramita na Casa e assombra os belo-horizontinos.

São ao menos 25 mil postos de trabalho diretamente afetados, fora as centenas de milhares de belo-horizontinos que utilizam do transporte por aplicativos, que também serão prejudicados. É hora de responsabilidade com a cidade. Chega! (02/07/2019)

Comentários